segunda-feira, 21 de abril de 2014

Um passo na correção do FGTS

O Ministério Público Federal, atendendo solicitação do Superior Tribunal de Justiça, deu  parecer favorável aos trabalhadores à substituição da Taxa Referencial (TR) por um índice inflacionário como fator de correção dos saldos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).


O posicionamento do MP, que entendeu que o FGTS deve  repor a inflação, representa um grande  passo para que se repare a injustiça que vem penalizando os trabalhadores desde 1999, com perdas geradas na casa dos R$ 300 bilhões. E é justamente por isso que o parecer ganha contornos de extrema importância para o fortalecimento da reivindicação, que é das principais lutas da Força Sindical.

Pela lei atual, os saldos das contas do FGTS são reajustados pela TR mais juros de 3% ao ano. Acontece que, desde 1999 (mais de 15 anos, portanto), a inflação vem superando esse índice (nos últimos anos a TR foi zero, ou bem próxima disto). E ninguém precisa ser economista para deduzir o que acontece com o dinheiro das contas do Fundo: claro, acaba corroído. A defasagem, desde 1999, chega a 101%.

Os Sindicatos filiados à Força Sindical recebem diariamente milhares de trabalhadores que estão interessados em ingressar nas ações coletivas das entidades sindicais. Estamos entrando na Justiça para recuperar essas perdas, que são dinheiro dos trabalhadores.

Vale lembrar que, em fevereiro, o Solidariedade, partido que presido em nível nacional, protocolou, no Supremo Tribunal Federal, em Brasília, uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) solicitando a suspensão imediata da TR nos cálculos das correções do Fundo. Acreditamos que a ação deve ser julgada em seguida, nos próximos meses.

Corrigir as perdas do FGTS é uma questão de justiça social!




Paulinho da Força é presidente nacional do  Solidariedade e deputado federal

Bloqueados bens de vereador e prefeito eleitos em 2012 em Cordeiro

Decisão liminar foi tomada em ação de improbidade movida pelo Ministério Público
Salomão continuará sendo substituído por Leandro
Vinte dias após o Ministério Público ingressar com uma ação civil pública por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Cordeiro, Salomão Lemos Gonçalves (afastado há dois meses pela Câmara Municipal), o vereador Silênio Figueira Graciano, o “Leno da Padaria” e o ex-secretário de Saúde, Carlos Henrique Andrade, a Justiça decretou a indisponibilidade dos bens e bloqueou as contas bancárias dos três. A medida visa garantir a restituição aos cofres da municipalidade da quantia de R$ 613.939,97 aos cofres públicos, acrescida de juros e correção monetária. A Justiça, entretanto, negou o afastamento do vereador, que continuará no exercício do mandato até o trânsito em julgado da ação que foi proposta pela promotora Renata Vieira Carbonel Cyrne, da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Cordeiro.

De olho na Copa, comércio tem quase duas mil vagas


O comércio varejista com parte das oportunidades / Divulgação


Segundo estudo do Sebrae realizado com a Fundação Getúlio Vargas, 929 oportunidades de negócios foram mapeadas nas cidades-sede da Copa do Mundo no Brasil. As chances foram identificadas para nove setores, entre eles construção civil, moda, artesanato, turismo e o comércio varejista. 
De olho nesse mercado de milhares de turistas nacionais e estrangeiros que vão desembarcar em São Paulo a partir de junho, o comércio da capital e das cidades da região metropolitana tem quase duas mil vagas abertas para os mais diferentes setores em lojas. 
Segundo o CAT (Centro de Apoio ao Trabalhador), são 498 chances  apenas em São Paulo. O Emprega SP tem outras 1.370 vagas esperando o futuro funcionário. As chances oferecidas são para vendedor,  operador de vendas, supervisor de vendas, estoquista, auxiliar de estoque, repositor e  conferente de mercadoria, entre outros. 
“Estamos com ritmo crescente desde janeiro. Ainda há oportunidades mesmo faltando menos de 60 dias para o  Mundial”, disse Cássio Oliveira, consultor do Sebrae. 
A maior parte das oportunidades  está em centros comerciais importantes como Pinheiros, Faria Lima, Frei Caneca e Água Branca. Há também ofertas em  Mairiporã, Cajamar, Alphaville e Taboão da Serra.
Os salários, segundo as empresas de recolocação no mercado de trabalho, variam entre R$ 724 e R$ 1,4 mil. Algumas lojas ainda pagam comissão por vendas e desempenho.
A experiência é sempre um diferencial no currículo, até para negociar melhores condições de trabalho e salário, mas há chances também para quem está procurando o primeiro emprego ou vai entrar no setor agora. Há vagas tanto para contratação definitiva como para temporários.
“Minha intenção é continuar aqui depois da Copa. Não tinha conhecimento do setor, mas já trabalhei como vendedora e espero mostrar minha capacidade. Sei que é difícil ser contratada, mas acho que é possível sim continuar ”, disse Marcele Santos, contratada há 20 dias em uma loja na Aclimação.


Por: Fernando Buson

INSS facilita aposentadoria dos deficientes

Começa nesta terça-feira (22) o período de avaliação dos segurados que pediram o novo benefício

Começa nesta terça-feira (22) em São Paulo as avaliações médicas dos segurados do INSS que pediram a aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição para deficientes físicos. 
Segundo o INSS, 1.941 segurados no estado de São Paulo, sendo 761 na capital, fizeram a solicitação e podem ser os primeiros a ter este tipo de benefício. O pedido deve ser feito por telefone na central 135, que atende de segunda a sábado, das 7h às 22h, gratuitamente.
A nova modalidade de aposentadoria foi criada em fevereiro e permite a entrada para o INSS com uma exigência de tempo de contribuição bem menor, de acordo com o grau de deficiência. Para a mulher com deficiência grave, o tempo exigido é de 20 anos, 33% menor do que os 30 anos obrigatórios  de uma mulher sem  nenhuma deficiência.
Para os homens, a nova aposentadoria por tempo de contribuição de deficiente varia entre 25 e 33 anos de trabalho pagando o INSS. Para o segurado sem deficiência, a regra é de 35 anos de contribuição.
No caso da aposentadoria por idade, o governo decidiu reduzir em cinco anos o limite mínimo de idade, caso o segurado comprove algum nível de deficiência. Para o homem caiu de 65 anos para 60 anos e para as mulheres reduziu de 60 anos para 55 anos.
Perícia/ A concessão depende de duas fases de exames e avaliações. Os interessados terão de  passar pela perícia e também por uma avaliação social (veja no quadro ao lado os detalhes da concessão).
Atualmente, o prazo médio de agendamento para a perícia no INSS está em 35 dias. O deficiente que fizer o pedido nesta terça-feira vai passar pelo exame e pela avaliação apenas no fim de maio, segundo o Ministério da Previdência. No entanto, o pagamento do benefício passa a contar desde a data do pedido.
  
Acessibilidade no trabalho conta ponto
As barreiras físicas que o segurado tem de ultrapassar no trabalho, de acordo com a sua deficiência, também serão levadas em conta na avaliação do grau de dificuldade.  A confirmação do tamanho de interferência dos obstáculos vai ser feita pelo assistente social do INSS e  pelo perito médico da Previdência Social. O resultado será incorporado na nota que define em que  nível de deficiência o segurado se encaixa. Essa distinção é importante para saber qual será o tempo de contribuição exigido para a aposentadoria. Quanto menor a pontuação, mais grave é a deficiência.
20,5 milhões estão aposentados por tempo ou idade
Concessão aumentou 3,22% em 12 meses
Nos último ano, o total de aposentadorias por idade e/ou por tempo de contribuição aumentou 3,22%.  O maior crescimento foi no número de aposentadoria por idade, que cresceu de 16,8 milhões, em 2013, para 17,4 milhões, em 2014, alta de 3,57%. A aposentadoria por tempo de contribuição, no mesmo período, passou de 3,06 milhões para 3,12 milhões. Foram 660 mil novos beneficiários para os dois tipos de benefícios, com uma média de 55 mil por mês. Cerca de 13,7 mil só no estado de São Paulo. 
11 é o total de tipos de benefícios do INSS

Fonte: O Diario de São Paulo

Governo do Estado vai iniciar o restauro do Quiosque das Lendas



   Encontro no Rio de Janeiro essa semana definiu visita de técnicos do Inepac ao Mirante da Granja Guarani. Será no dia 30 de abril, quando engenheiros do governo do Estado e arquitetos do Instituto Estadual do Patrimônio Artístico e Cultural vão estudar o prédio tombado para o restauro.  Acompanhado do ex-secretário de Cultura, Wanderley Peres, o sub secretário Arnaldo Almeida ouviu da secretária Ana Rattes a promessa do pronto início da obra, que é devida em função de uma sentença judicial de março de 2011.
   "Vamos iniciar os trabalhos recompondo o telhado do Mirante, estancando a degradação e, ao mesmo tempo, vamos promover os estudos necessários e as providências para o restauro, que é um processo mais complicado", disse Ana Rattes, que prometeu para breve o início das obras.
   Líder do governo na Assembléia Legislativa, onde ocorreu o encontro, André Corrêa garantiu que vai empenhar-se para que a determinação judicial seja cumprida com urgência e prometeu construir, com recursos do Estado, o anexo projetado pela Secretaria de Cultura, construção que visa garantir a ocupação cultural do importante espaço.
   "Concordo com o Wanderley quanto à necessidade de construção de um prédio anexo ao mirante para gerir o espaço e marcar a presença da Cultura no local. A proposta da Cultura é muito interessante porque, além de promover a ocupação, garantindo a integridade do bem, vai promover uma relação amistosa da Prefeitura com a comunidade, e virá dessa relação o compromisso com a manutenção do espaço", disse.

   Cópia da planta do anexo cultural está exposta em totem no terreno do Mirante e dá esperanças à comunidade da Granja Guarani de ter em seu bairro o primeiro polo de Cultura de Teresópolis. O prédio tem cerca de 80m2, com salão para cursos e reuniões, sala administrativa, e banheiros. "Além da restauração do mirante, vamos ganhar um espaço cultural em nosso bairro. Será um grande presente para a cidade, e também para a nossa comunidade", comemorou o presidente da Associação de Moradores da Granja Guarani, Armindo Coelho.
   Participaram da reunião, o diretor geral do Inepac, Paulo Vidal, o deputado e líder do Governo na Alerj, André Corrêa e a secretária de Cultura Ana Rattes, além dos arquitetos que também virão a Teresópolis para o reconhecimento da área que receberá a obra do governo do Estado.
   Sobre o mirante
   Com estilo neocolonial e arquitetura de influências coloniais mexicanas e mouriscas, o Quiosque das Lendas foi construído na década de 20 do século passado e é composto por dois corpos interligados por um avarandado coberto, encimando uma grande elevação que forma uma espécie de platô. A construção, obra do engenheiro teresopolitano Carlos Nioac de Souza, é emoldurada por colunas toscanas de capitel simples e arcos de alvenaria revestidos com azulejos portugueses.
   Produzidos em Lisboa no ano de 1929, os azulejos que revestem o mirante foram pintados pelo renomado artista Jorge Colaço (1864-1942) e retratam quatro lendas indígenas: “O Dilúvio”, “O Anhangá e o Caçador”, “A moça que saiu para procurar marido” e “Como apareceu a noite”, derivando-se daí o nome Quiosque das Lendas.

Rio destina R$ 14 bi para Olimpíada, mas Saúde fica em segundo plano

O governo municipal do Rio de Janeiro destinou R$ 14,2 bilhões para a realização da Olimpíada de 2016, mas parece que a área da Saúde não vem recebendo a mesma atenção. Leilane da Silva, de 22 anos, não conseguiu atendimento em hospital da prefeitura na Mangueira, o Hospital Barata Ribeiro neste sábado (21). Foi obrigada, então a dar à luz na rua mesmo, em frente á unidade. 
Quem fez o parto foram dois policiais da região. O marido, com a esposa no colo, teve que pediu ajuda dos policiais militares da UPP do Morro da Mangueira, que patrulhavam a Rua Visconde de Niterói. Um deles chegou a usar sua camisa para cobrir o bebê.
Kémylle nasceu com ajuda de policiais que patrulhavam rua na Mangueira
Kémylle nasceu com ajuda de policiais que patrulhavam rua na Mangueira
Os dois ainda levaram mãe e filha, batizada de Kémylle Vitória, para o Hospital Maternidade Fernando Magalhães, em São Cristóvão. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que lamenta e repudia o ocorrido e que vai apurar o caso, ouvindo funcionários do Barata Ribeiro que trabalhavam na manhã de sábado.

Fonte: JB

Copa: "É Justo?", Rio de Paz avalia campeonato nas comunidades cariocas

"É Justo?". A pergunta já recebeu mais de duas mil curtidas até esta segunda-feira (21), no perfil criado pela ONG carioca Rio de Paz para avaliar a realização da Copa do Mundo da Fifa no Brasil, a partir de junho deste ano, comparada ao estado de miséria em que vivem os cariocas nas comunidades. O idealizador da campanha virtual e fundador da Rio de Paz, Antônio Carlos Costa, questiona aos internautas se "é justo que R$ 30 bilhões de verba pública sejam investidos na Copa, que proporcionará à Fifa um lucro de R$11,4 bi, sem retorno para o povo brasileiro".
Durante as três últimas semanas, a ONG visitou as comunidades do Jacarezinho, Varginha, Mandela, Manguinhos, Nova Holanda e Parque União, localizadas na Zona Norte da cidade, para avaliar a que ponto os projetos gerados em função do campeonato mundial podem favorecer a vida dos moradores desses lugares. O simbolo da campanha do Rio de Paz é uma bola com a cruz vermelha, que representa 'o repúdio ao uso de verba pública na realização da Copa no Brasil', como explica Costa.
A bola passou de mãos em mãos de uma garotada que só vai assistir os jogos da Copa pela telinha de TV e comemorar cada vitória da seleção brasileira dentro da comunidade. "É bem verdade que já havíamos feito manifestações com bolas pintadas com cruzes vermelhas em Copacabana, Brasília e na sede da Fifa, em Zurique. Mas, em áreas de miséria e exclusão, começamos há pouco tempo, no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio", contou Costa.
A bola vermelha é símbolo da campanha da ONG Rio de Paz, que percorre as comunidades cariocas
A bola vermelha é símbolo da campanha da ONG Rio de Paz, que percorre as comunidades cariocas
No seu contato com os adolescentes e jovens dessas comunidades, Antônio percebeu que um mínimo de esclarecimento é suficiente para eles participarem da campanha livremente. "Não é tarefa difícil vê-los se comunicar por meio da expressão facial o quanto puderam compreender do sentido da campanha. Eles entendem que houve uma inversão de valores. Que investir em educação e saúde era mais importante", afirma. O fundador da Rio de Paz aprendeu mais uma lição durante a campanha: "Saí desses encontros com esses meninos e meninas que vivem em estado de vulnerabilidade, privação e exclusão certo de que não é tarefa difícil explicar para o pobre as injustiças sociais do país e o quanto o poder público erra com a população. Vou mais longe. Dá para mobilizá-los para o bem."
Segundo Antônio, a ideia da campanha está inserida na forma de atuação do Rio de Paz, com ações pacíficas, criativas e baseadas em fatos, que por si sós, fazem mais estrago na imagem do poder público do que o uso da violência em manifestação, o que a ONG condena veementemente. "A causa dessas manifestações é o uso de dinheiro do contribuinte na Copa do Mundo. Nosso objetivo é mexer com a cultura política do país, tão caracterizada pelo uso de verba pública à revelia do povo e sem retorno para a população. Esperamos que, através dessa pressão política nas ruas, algum legado dessa competição fique para as comunidades pobres do Brasil. Até agora, na vida das favelas em que trabalhamos, o retorno social é zero. Não há nada tão concreto quanto os estádios de futebol que foram preparados para a Copa no Brasil", disse Antônio.
Na visão de quem visitou as comunidades e viu de perto as mazelas provocadas pela falta de investimento, o uso de verba pública na Copa do Mundo sem retorno social proporcional ao investimento feito é sintoma "da nossa patologia política". Antônio destaca que o grito do povo pode fazer com que o dinheiro do contribuinte retorne para população, tão carente de serviços públicos, e ainda que estes estejam à altura da dignidade humana. "Não podemos mais conviver com escolas que não educam, hospitais que não curam e segurança pública que não protege".

Cláudia Freitas

Calendário com 24 concursos prevê a abertura de 3.130 vagas

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro encerra na próxima quinta-feira as inscrições de seu concurso para 78 vagas em cargos de níveis médio e superior, com salários de R$ 5.307,82 e de R$ R$ 6.615,64, respectivamente. Além deste, outros concursos estão encerrando seus prazos, entre eles INPE, CBTU, Aeronáutica e Instituto Benjamim Constant. Esta semana, o calendário conta com 24 concursos, que, juntos, oferecem 3.130 vagas, além de formação de cadastros de reserva. Veja como participar das seleções.

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL — Saiu o edital do novo concurso promovido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), com 216 vagas de agente administrativo. Para concorrer a uma das vagas, o candidato deve ter nível médio completo. A remuneração é composta por um salário nominal de R$ 2.043,17 somado a uma remuneração variável que parte de R$ 1.521,60, podendo chegar a R$ 1.902, dependendo da avaliação de desempenho do servidor. As inscrições poderão ser feitas no site da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab). O prazo será encerrado no dia 30 deste mês. Será cobrada taxa de R$ 60. A validade do concurso será de 2 anos, podendo ser prorrogado uma vez pelo mesmo período. O último concurso público para agente da Polícia Rodoviária Federal teve 103.437 inscritos para 750 vagas em todo o país, uma relação de 137,91 candidatos por vaga. As oportunidades são para Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Pernambuco, Espírito Santo, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Sergipe, Distrito Federal, Tocantins, Amazonas, Amapá e Roraima.A seleção será feita por meio de prova objetiva e investigação social. A prova cobrará as disciplinas de língua portuguesa, ética e conduta pública, raciocínio lógico, noções de direito constitucional, noções de direitos administrativo, noções de administração, noções de arquivologia, noções de informática e legislação relativa à PRF. A prova objetiva será aplicada na data provável de 25 de maio. O concurso será realizado em todas as capitais do país e no Distrito Federal.
CONAB — A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) publicou dois editais de concurso público para o preenchimento de 396 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio/técnico e superior nas unidades do órgão em todo o território nacional (confira aqui os editais). Do total de vagas oferecidas, 177 são para assistente e técnico agrícola, de contabilidade e em tecnologia da informação, cargos de nível médio/técnico, e 219 para analista, cargo que exige formação nas áreas de administração, contabilidade, economia, engenharia agrícola, engenharia agronômica ou agronomia, engenharia civil, engenharia elétrica, engenharia mecânica, gestão de agronegócio, auditoria (cadastro de reserva) e comunicação social (cadastro de reserva). Os salários são de R$ 2.172,63 e R$ 5.112,07, respectivamente. Além do salários, os profissionais vão receber assistência à saúde, assistência social, seguro de vida, programa de transporte do trabalhador, auxílio-funeral, assistência educação infantil, auxílio-escola, auxílio-alimentação, Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) e plano de previdência. A jornada de trabalho é de 44 horas semanais. Nos dois casos, os interessados já podem se inscrever, no site do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). Para os cargos de nível médio, o prazo vai até o dia 18 de maio, enquanto que as inscrições para as vagas de nível superior serão encerradas em 28 de maio. A taxa é de R$ 42 para nível médio e R$ 46 para nível superior. Segundo os editais, a prova objetiva será aplicada na data provável de 8 de junho para os cargos de nível médio e, em 20 de julho, para nível superior.
INPE — O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, divulgou dois editais de concursos públicos para 68 vagas em cargos de nível superior. Os salários variam de R$ 4.004,56 a R$ 9.828,05. As inscrições para os dois editais podem ser feitas até esta quinta-feira, pelo site do Inpe. A taxa é de R$ 110. No primeiro edital, são 14 vagas para pesquisador - classe assistente de pesquisa - padrão I, da carreira de pesquisa em ciência e tecnologia. Para participar da seleção, os candidatos devem ter diploma, registrado, ou certificado de conclusão de mestrado fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação nas áreas de computação aplicada, ciências matemáticas e naturais, ciências biológicas, ecologia, ciências sociais aplicadas, ciências humanas, meteorologia, oceanografia, ciências atmosféricas, ciências exatas e da terra ou áreas correlatas. Neste caso, os salários variam de R$ 4.544,05 a R$ 9.828,05. O concurso terá as seguintes etapas: prova escrita, prova oral de defesa pública de memorial e análise de títulos e currículo. A prova escrita será aplicada no período de 19 e 20 de maio, a partir das 8h30, em São José dos Campos (SP). A data e o local serão confirmados no site do Inpe. No outro edital, são oferecidas 54 vagas para tecnologista júnior padrão I. Os candidatos devem ter graduação em engenharia, ciências exatas, meteorologia, oceanografia, ciências atmosféricas, física, computação aplicada, ciência da computação, computação científica, computação, tecnologia, engenharia florestal, química, tecnologia química, engenharia química, engenharia ou áreas correlatas. Neste caso, os salários variam de R$ 4.004,56 a R$ 8.705,56. O concurso terá as seguintes etapas: prova objetiva, prova prática discursiva e análise de títulos e currículo. As provas serão aplicadas em São José dos Campos (SP).
COBRA TECNOLOGIA - A Cobra Tecnologia S.A, empresa do Banco do Brasil, abriu concurso público para 150 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio e superior, com salários que variam de R$ 1.377,46 a R$ 3.581,38. Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência. As vagas são para as cidades de Assis (SP), Barretos (SP), Barueri (SP), Bauru (SP), Fernandópolis (SP), Jaú (SP), Mogi das Cruzes (SP), Mogi-Mirim (SP), Piracicaba (SP), Registro (SP), Rio Claro (SP), São Paulo, Goiânia, Belém, Rio de Janeiro e Distrito Federal. As inscrições podem ser feitas até o dia 12 de maio, pelo site do Instituto Quadrix. A taxa de inscrição varia de R$ 26 a R$ 38. Os cargos de nível superior são para analista de operações nas especialidades de programador – plataforma mainframe, programador – plataforma baixa, negócios e ERP – funcional. As vagas de nível médio são para técnico de operações – equipamentos e técnico administrativo. Além da remuneração, os candidatos vão receber auxílio refeição e alimentação de R$ 777,95, auxílio creche, vale-transporte, plano de saúde, reembolso de medicamento, reembolso odontológico e reembolso oftalmológico. A seleção terá quatro etapas: prova objetiva, prova de títulos (somente para nível superior), exame médico pré-admissional e entrega de documentos para verificação
AERONÁUTICA — A Aeronáutica abriu novo concurso, desta vez para 17 vagas para o exame de admissão ao Estágio de Adaptação de Oficiais de Apoio (EAOAP) do ano de 2015. Todos os cargos são de nível superior. O salário não foi informado e os aprovados farão estágio no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte. As vagas de nível superior são para as especialidades de administração, análise de sistemas, ciências contábeis, enfermagem, jornalismo, pedagogia, psicologia, serviços jurídicos e serviço social. Os candidatos devem ter entre 18 e 32 anos em 31 de dezembro do ano da matrícula no estágio e estar em dia com as obrigações eleitorais. No momento da matrícula, o candidato será declarado primeiro-tenente estagiário do EAOAP, designação que será mantida durante o estágio de adaptação. O estagiário que concluir com aproveitamento o EAOAP, estará em condições de ser nomeado primeiro-tenente do QOAP. As inscrições podem ser feitas até esta terça-feira, dia 22, pelo site da Força Aérea Brasileira. A taxa é de R$ 120. A seleção terá cinco etapas: provas escritas, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação e condicionamento físico e validação documental. De acordo com o edital, as provas serão aplicadas no dia 25 de maio, nas cidades de Belém, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Canoas (RS), Brasília, Manaus, Campo Grande, Fortaleza, Parnamirim (RN), Salvador, Belo Horizonte e Curitiba.
FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL — A Fundação Biblioteca Nacional (FBN) promove concurso que visa ao preenchimento de 40 vagas em cargos de nível superior, todas no Rio de Janeiro. O salário é de R$ 4.247,82, composto de vencimento básico de R$ 1.990,22 e gratificação de R$ 2.257,60 (confira aqui o edital). Do total de vagas, quatro são reservadas para pessoas com deficiência. Os cargos de nível superior são para bibliotecário e técnico em documentação I , nas especialidades de biblioteconomia e de arquivologia, e os interessados podem se inscrever até 8 de maio, pelo site da Idecan . A taxa é de R$ 54. Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva e prova discursiva, a serem aplicadas na data provável de 8 de junho, somente na cidade do Rio de Janeiro. A validade do concurso será de 1 ano e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.
CBTU — Saiu edital de abertura do concurso da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), que visa ao preenchimento de 525 vagas e formação de cadastro em cargos de níveis médio, médio/técnico e superior. O Rio de Janeiro, onde fica a administração central da CBTU, será contemplado com 137 vagas. Serão preenchidas vagas também em Maceió (54), Natal (75), João Pessoa (81) e Recife (178). Os interessados poderão se inscrever até esta terça-feira, dia 22, no site da Consulplan, organizadora da seleção. As taxas são de R$ 12,50 (cargos de nível médio), R$ 18,50 (médio/técnico) e R$ 33,50 (superior). Para nível médio/técnico, as oportunidades são para os cargos de técnico de segurança do trabalho, industrial e de gestão. Já as vagas de nível superior são para médico do trabalho, analista técnico e de gestão. Os vencimentos variam entre R$ 1.024,17 e R$ 3.515,58 para o nível médio, e R$1.444,94 e R$ 2.323,29, para o médio/técnico. Já no superior, os vencimentos vão de R$ 3.504,95 a R$ 5.087,42. Os empregados da CBTU recebem os seguintes benefícios: tíquete alimentação/refeição no valor de R$ 676,25, reembolso parcial de plano de saúde e previdência complementar. Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva, marcadas para o dia 25 de maio. O concurso terá validade de dois anos, prorrogável por igual período. O regime de contratação será o celetista.
UFRJ - A Universidade Federal do Rio de Janeiro divulgou edital de concurso para 137 vagas em cargos de nível fundamental, médio/técnico e superior, nos campi do Rio de Janeiro, Macaé e Duque de Caxias. Os salários variam de R$ 1.640,34 a R$ 3.392,42. As inscrições poderão ser feitas até 4 de maio, pelo site PR-4. A taxa varia de R$ 60 a R$ 100. Os cargos de nível superior são para analista de TI, bibliotecário-documentarista, contador, farmacêutico, terapeuta ocupacional, arqueólogo, assistente social (nas áreas hospitalar, atendimento a alunos), astrônomo, enfermeiro do trabalho, engenheiros de segurança do trabalho, civil, mecânico e elétrico, fisioterapeuta, músico (oboé e piano), produtor cultural, psicólogo, redator, revisor de texto, técnico em assuntos educacionais, tecnólogo em comunicação, farmácia, física, produção, biologia e libras, tradutor intérprete e técnico em assuntos educacionais. As vagas de nível médio/técnico são para técnico de laboratório (biologia, biotério, física e química ), TI, artes gráficas (cortador gráfico, encadernador e impressor off set), audiovisual, contabilidade, mecânica, microfilmagem, prótese dentária, química, restauração (conservador e restaurador - madeira e papel), segurança do trabalho e tradutor e intérprete de linguagem de sinais. Já os de nível fundamental são para assistente de alunos. Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva. A data, o horários e os locais de prova ainda serão divulgados.
CÂMARA MUNICIPAL/RJ — A Câmara Municipal do Rio de Janeiro abriu as inscrições do concurso que oferece 78 vagas em cargos de níveis superior e médio. Desse total, 41 vagas são para assistente técnico legislativo, sem especialidades, que exige apenas nível médio, sendo nove reservadas para índios e afrodescendentes e duas para pessoas com deficiência. Neste caso, o salário oferecido é de R$ 5.307,82, com taxa de inscrição de R$ 50. As outras 37 são para cargos de analista legislativo, nas especialidades de administração, contabilidade, direito, engenharia/arquitetura, tecnologia da informação, e também para postos sem especialidade, que pede graduação em qualquer área, com reservas de vagas. No caso dos cargos de nível superior, os ganhos são de R$ 6.615,64, e a taxa de R$ 60. (Confira aqui o edital). Os interessados podem fazer as inscrições, até quinta-feira, dia 24, no site da Prefeitura do Rio.
BOMBEIROS/RJ — O Corpo de Bombeiros do Estado do Rio realiza dois concursos, que visam ao preenchimento de um total de 520 vagas de nível médio/técnico. No primeiro edital, são oferecidas 400 vagas para soldado-combatente e, para concorrer, o candidato deve ter nível médio completo. O outro edital traz 120 vagas para cabo técnico de enfermagem, cargo que exige nível médio e curso técnico completo na área. Os concursos têm validade de dois anos e poderão ser prorrogados por igual período. A remuneração inicial oferecida será de R$ 2.759,26, sendo R$ 2.309,26 de vencimento-base, R$ 100 de auxílio-transporte e R$ 350 de gratificação por participação em programa de capacitação. As vagas podem ser disputadas por homens e mulheres, e não há limite de idade para concorrer: do total, 20% serão destinadas a negros e índios, como determina a lei estadual. Os interessados podem se inscrever até o dia 30 deste mês, pelo site do Funcefet. Será cobrada taxa de R$ 100. Segundo os editais, o processo seletivo tem três etapas: exame intelectual (prova objetiva), teste de capacidade física e exame de saúde. O exame intelectual será aplicado em 25 de maio, no Rio, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Volta Redonda, Niterói, Cabo Frio, Campos, Teresópolis, Petrópolis e Friburgo.
COLÉGIO PEDRO II — Já estão abertas as inscrições para o novo concurso promovido pelo Colégio Pedro II para técnico administrativo. Desta vez, são 65 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. As funções com maior número de vagas são auxiliar em administração (nível fundamental), com 5 postos, assistente de alunos (12 vagas) e assistente em administração (10 vagas), essas últimas, de nível médio. Os cargos de nível superior são de fonoaudiólogo e estatístico. Os interessados têm até 8 de maio para se inscrever, no site do Idecan. As taxas de inscrição, que devem ser pagas somente nas agências do Banco do Brasil, são de R$ 45, R$ 55 e R$ 65. As remunerações são de R$ 2.013,35 para assistente de aluno e auxiliar; de R$ 2.412,89 para as demais funções de nível médio, e de R$ 3.765,42 para as de nível superior. Todos os valores incluem os R$ 373 de auxílio-alimentação.
CEFET-RJ — O Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca do Rio de Janeiro (Cefet - RJ) vai preencher 203 vagas em cargos de níveis fundamental, médio e superior. As oportunidades são para os campi Maracanã, Nova Iguaçu, Maria da Graça, Nova Friburgo, Petrópolis, Itaguaí, Angra dos Reis e Valença, e os salários variam de R$ 1.547,23 a R$ 3.318,70. As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira, dia 31, e podem ser feitas até o dia 28 deste mês, pelo site da Cesgranrio. As taxas são de R$ 30 para nível fundamental, R$ 38 para nível médio e R$ 65 para nível superior. O concurso terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado pelo mesmo período. Os cargos de nível superior são para administrador, analista de tecnologia da informação, arquiteto e urbanista, arquivista, assistente social, auditor, bibliotecário - documentalista, contador, economista, enfermeiro, engenheiro eletricista, jornalista, médico clínico - área clínica, nutricionista, odontólogo, pedagogo, psicólogo, relações públicas, revisor de texto, técnico em assuntos educacionais e tecnólogo/ web. Os de nível médio são para assistente em administração, desenhista projetista, técnico nas especialidades de contabilidade, edificações, eletrônica, eletrotécnica, mecânica, química e tecnologia da informação, e técnico de laboratório nas especialidades de eletrônica, eletrotécnica, informática, mecânica e química. Os postos de nível fundamental são para assistente de alunos e auxiliar de administração. As provas objetivas serão aplicadas na data provável de 1º de junho.
INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT— Instituto Benjamin Constant recebe, até esta terça-feira, dia 22, inscrições para o concurso que visa ao preenchimento inicial de 20 vagas, sendo dez em cargos de níveis fundamental (administrador de edifícios, auxiliar de biblioteca e auxiliar de assuntos educacionais) e dez para professor de ensino básico, técnico e tecnológico, que exigem curso superior, com especialidade nas áreas de deficiência múltipla, surdocegueira, informática educativa e artes cênicas. As inscrições devem ser feitas no site do Instituto AOCP, organizador do concurso. As taxas são de R$ 50 e R$ 70. Para os cargos de nível fundamental, os ganhos iniciais são de R$ 2.013,30. Já para os de ensino superior, a remuneração inicial é de R$ 4.177,29. Os valores incluem auxílio-alimentação de R$ 373. Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, prevista para 18 de maio, na cidade do Rio. Para os professores, haverá ainda prova de títulos e de aula, neste caso apenas para os docentes das áreas de deficiência múltipla e surdocegueira.
MINISTÉRIO PÚBLICO/SÃO PAULO — O Ministério Público do Estado de São Paulo oferece 37 vagas de auxiliar de promotoria I (administrativo). O salário é de R$ 2.131,52. Do total das vagas, quatro são reservadas para pessoas com deficiência. As inscrições devem ser feitas, até sexta-feira, dia 25, pelo site da Fundação Vunesp. A taxa é de R$ 40. Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível fundamental completo. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. Entre as atividades do cargo estão recepcionar, informar e encaminhar pessoas, observando as normas e regras estabelecidas, visando à manutenção da ordem e da segurança, receber, transportar, encaminhar e arquivar documentos, processos em geral e correspondências. A prova objetiva será aplicada na data provável de 25 de maio.
POLÍCIA CIVIL/SP 1 - Outra seleção promovida pela Polícia Civil do Estado de São Paulo é para 120 vagas de fotógrafo técnico-pericial, cujo salário é de R$ 3.256,40. Do total das vagas, 5% são reservadas para pessoas com deficiência. As inscrições devem ser feitas pelo site da Fundação Vunesp, também até sexta-feira, dia 25. A taxa é de R$ 42,61. Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível médio completo e carteira de habilitação, no mínimo, na categoria B. A jornada de trabalho será de, no mínimo, 40 horas semanais, que poderá ser em horário irregular sujeito a plantões noturnos e chamadas a qualquer horário. As vagas são para diversas cidades do Estado de São Paulo. A seleção será feita por meio de prova preambular, prova de aptidão psicológica, prova de aptidão física e investigação social. A prova preambular será aplicada em 1º de junho de 2014. O horário e os locais ainda serão divulgados.
POLÍCIA CIVIL/SP 2— A corporação divulgou, ainda, edital de concurso público para 89 vagas de atendente de necrotério. O salário é de R$ 2.635,48. Do total das vagas, 5% serão reservadas para pessoas com deficiência. Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível fundamental completo e carteira de habilitação, no mínimo, na categoria B. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, podendo incluir plantão diurno ou noturno, em dias de semana, sábados e domingos. As inscrições podem ser feitas no período de 26 de maio a 30 de junho pelo site da Fundação Vunesp . A taxa é de R$ 10,65. As vagas são para diversas cidades do Estado de São Paulo. A seleção será feita por meio de prova preambular, provas de aptidão psicológica e aptidão física e investigação social. A prova preambular será aplicada em 10 de agosto de 2014 em Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (Capital e Grande São Paulo) e Sorocaba.
FUNDAÇÃO PARQUE ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO — Serão preenchidas 17 vagas em cargos de nível fundamental e médio/técnico, com salários variando de de R$ 741 a R$ 1.516. As inscrições podem ser feitas até o dia 30 deste mês, pelo site do Cetro Concursos, com taxas de R$ 30 a R$ 50. As vagas de nível médio/técnico são para técnico de segurança do trabalho. Os postos de nível fundamental são para auxiliar de serviços operacionais, oficial serralheiro, bilheteiro, motorista, tratador de animais e vigilante. As provas serão aplicadas no dia 25 de maio nas cidades de São Paulo, para candidatos inscritos para vagas na unidade Zoo Safaria, e Araçoiaba da Serra, para vagas da divisão de produção rural.
CÂMARA DE VITÓRIA — A Câmara de Vitória vai preencher 18 vagas. Os salários variam de R$ 1.336,89 a R$ 3.264,82. As chances foram distribuídas por cargos de níveis médio, técnico e superior. As inscrições poderão se feitas até 4 de maio, pelo site da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab). A taxa de participação é de R$ 50 para os cargos de níveis médio e técnico e R$ 75 para os de nível superior. Os candidatos que estiverem desempregados ou os que recebem até um salário mínimo têm direito à isenção. O benefício pode ser solicitado de 1º a 3 de abril, no Colégio Estadual do Estado do Espírito Santo, que fica na Avenida Vitória, s/n, Forte São João. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 17h. O concurso contará com prova objetiva e avaliação de títulos para todos os cargos. Os inscritos para o cargo de taquígrafo também farão prova prática e os agente de segurança farão Teste de Aptidão Física (TAF). A prova objetiva será aplicada no dia 25 de maio. Este é o segundo concurso público realizado pela Câmara de Vitória. O primeiro foi feito em 2008 e ofereceu 34 vagas, distribuídas por cargos de níveis médio e superior. Os salários, na época, estavam entre R$ 640,92 a R$ 1.958,63. Na última seleção, foram registradas 4.739 participações.
BANCO DO NORDESTE — O Banco do Nordeste oferece 12 vagas de analista bancário, com salário de R$ 2.043,36. Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência. Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível médio completo. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais. As inscrições devem ser feitas até 8 de maio, pelo site da FGV Projetos. A taxa é de R$ 60. As provas serão aplicadas nas cidades de Aracaju, Barreiras (BA), Belo Horizonte, Brasília, Cajazeiras (PB), Campina Grande, Caxias (MA), Feira de Santana (BA), Floriano (PI), Fortaleza, Garanhuns (PE), Ilhéus (BA), Imperatriz (MA), João Pessoa, Juazeiro (BA), Juazeiro do Norte (CE), Maceió, Montes Claros (MG), Mossoró (RN), Natal, Parnaíba (PI), Paulo Afonso (BA), Petrolina (PE), Recife, Salgueiro (PE), Salvador, São Luís, São Mateus (ES), Sobral (CE), Teixeira de Freitas (BA), Teresina, Teófilo Otoni (MG), Vitória e Vitória da Conquista (BA). A data da prova ainda não foi divulgada.
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE — A UFRN abriu inscrições para concurso de provas e títulos para preenchimento de vagas no cargo de professor do magistério superior. As inscrições podem ser feitas até às 23h59min desta terça-feira, dia 22, exclusivamente via internet, através do site do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos da universidade. São oferecidas oito vagas, nas categorias adjunto A e assistente A, que serão distribuídas no Instituto Metrópole Digital (IMD), Escola de Ciências e Tecnologia (C&T) e Departamento de Informática e Matemática Aplicada (DIMAP). Os professores aprovados deverão atuar nas áreas de gestão de infraestrutura em tecnologia da informação, expressão gráfica e projeto assistido por computador, matemática e cálculo numérico. A taxa de inscrição, nos valores de R$ 220 para professor adjunto A (dedicação exclusiva) e R$ 80 para professor assistente A (20h), pode ser paga até quarta-feira, dia 23. A seleção será realizada no período de 1º a 13 de junho, em Natal, constando de três tipos de avaliação: prova escrita, prova didática, defesa de memorial e projeto de atuação profissional e prova de títulos.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO — A UFMT promove concurso público para preencher 19 vagas de professores do Plano de Carreiras e Cargos do Magistério Superior em três campi da instituição. De acordo com a universidade, inscrições podem ser feitas até quarta-feira, dia 23, apenas pelo site da universidade. O salário varia entre R$ 4.430,42 e R$ 8.717,64, de acordo com os cargos e títulos escolhidos. A taxa é de R$ 150 ( clique aqui para conferir o edital). As vagas são para os campi de Cuiabá, Sinop e Barra das Garças e podem concorrer professores graduados nas áreas de direito, serviço social, estatística, letras, enfermagem, filosofia, geologia, química, pediatria, medicina, engenharia civil, agronomia, engenharia civil, agronomia, engenharia florestal, engenharia elétrica e farmácia. Para os campi de Cuiabá e Sinop, a prova está prevista para o dia 26 de maio, no campus da UFMT, em Cuiabá, localizado na Avenida Fernando Correa da Costa. Já os candidatos de Barra do Garças farão a prova no campus desta cidade, também no dia 16 de maio.
AGÊNCIA ESTADUAL DE METROLOGIA/MATO GROSSO DO SUL — A AEM-MS abriu inscrições de concurso público para 41 vagas de níveis fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 678 a R$ 1337,50, mais adicionais de função e de produtividade. Há reserva de vagas para deficientes, negros e índios. Os cargos de nível fundamental são para auxiliar metrológico e agente condutor de veículos III. As vagas de nível médio são para agente metrológico. Para nível superior, há oferta para técnico metrológico com graduação em engenharia elétrica, física, engenharia da computação, análise de sistemas, processamento de dados, ciências contábeis, administração, tecnologias de gestão de qualidade, tecnologia de recursos humanos e tecnologia de logística. As inscrições devem ser feitas até as 17h (de MS) do dia 30 deste mês, pelo portal do governo do estado . Serão cobradas taxas de R$ 55,80 (nível fundamental), R$ 93 (nível médio) e R$ 148,80 (nível superior). O concurso terá prova escrita objetiva e prova de títulos (para cargos de nível superior). A prova escrita objetiva será realizada em Campo Grande e terá duração de quatro horas. A data, o horário e o local serão divulgados posteriormente por meio de edital no Diário Oficial do Estado e no site da organizadora.
DETRAN/MATO GROSSO DO SUL — O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) vai preencher 190 vagas de cargos da carreira de gestão de atividades de trânsito. Os salários com adicionais de função variam de R$ 1.163,90 a R$ 2.942,49. Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência. As inscrições devem ser feitas até as 17h (horário local) do dia 30 deste mês, pelo site do governo do estado. As taxas são de R$ 148,80 (nível superior) e R$ 93 (nível médio). Os cargos de nível superior são os de gestor de atividades gerais de trânsito, gestor de educação e segurança de trânsito, gestor de atividades organizacionais, gestor de atividade de engenharia de tráfego e trânsito e tecnólogo em educação e segurança para o trânsito. Para nível médio, há vagas para técnico administrativo, técnico em recursos humanos, assistente de atividades de trânsito, assistente de vistoria e identificação veicular, assistente de pátio de apreensão e guarda de veículos e agente condutor de veículos II. Conforme o edital, há oferta de vagas em 73 municípios sul-matogrossenses. Somente em Campo Grande, são 31 vagas. O concurso terá quatro fases: prova escrita objetiva, exame de aptidão mental, prova de títulos (para cargos de nível superior) e prova prática (para agente condutor de veículos II).
POLÍCIA CIVIL DE RONDÔNIA — A Polícia Civil de Rondônia vai preencher 144 vagas em cargos de médio e nível superior. Os salários variam de R$ 3.332,46 a R$ 11.213,14. As vagas são para a capital, Porto Velho, e interior do estado. Os cargos de nível superior são para: delegado de polícia e perito criminal. Para nível médio, o candidato pode se inscrever para agente de polícia, escrivão de polícia, datiloscopista policial, técnico de necropsia, agente de criminalística e técnico de laboratório. As inscrições podem ser feitas até o dia 29 deste mês, pelo site da Funcab ou no posto de atendimento, localizado na Avenida Campos Sales 2282, sala 11 - Galeria Josefa de Jesus, no Centro de Porto Velho. A taxa é de R$ 106 para nível superior e 96 para nível médio. As provas escritas estão previstas para o dia 18 de maio. Ainda haverá teste de aptidão física, avaliação de títulos, prova prática de digitação e prova oral.


Fonte: O Globo

Rio-Petrópolis teve aumento de 48% em acidentes com mortes

A avaliação da Polícia Rodoviária Federal aponta que a imprudência e a imperícia são as principais causas do elevado número de acidentes registrados nas estradas brasileiras.

2014 
A rodovia BR-040, que liga o Rio de Janeiro a Juiz de Fora (MG) pela Serra de Petrópolis apresentou o maior aumento de acidentes com mortes entre 2011 e 2013 (48%), comparando com a BR-101 (Rio-Campos e Rio-Paraty) e a BR-116 (Rio-Teresópolis).
ScreenShot002Em números absolutos, as duas últimas rodovias apresentaram mais mortes do que a BR-040, mas mantiveram estáveis os números de acidentes desse tipo durante esse período de dois anos. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, foram 249 mortes em 2011 na BR-101, 263 em 2012 e 262 no ano passado, o que representa um aumento de 5,2% no período. Na Via Dutra (BR-116), foram 163 mortos em 2011, 142 em 2012 e 134 em 2013, uma queda de 17%. A diferença no progresso é grande quando colocamos os números da BR-040: foram 50 mortes em 2011, 69 no ano seguinte e 74 em 2013 – um crescimento de 48% no período.
32 
90No momento, a Rio-Petrópolis, com mais de 80 anos de uso, está passando por obras para uma nova pista de subida, e os motoristas precisam redobrar a atenção. As pistas estreitas e sinuosas contam com muitas rachaduras, pouca sinalização e excesso de veículos pesados.
As obras, iniciadas em 2013, são divididas em cinco lotes que preveem uma pista de 20 quilômetros para substituir o atual trecho de subida. Segundo a Concer, concessionária que administra a BR-040, a nova pista deve ficar pronta em 36 meses e vai desafogar o trecho antigo e reduzir o percurso para quem vai do Rio para Juiz de Fora. Questionada sobre procedimentos que poderiam ser adotados para reduzir os acidentes, a concessionária disse que “a avaliação da Polícia Rodoviária Federal aponta que a imprudência e a imperícia são as principais causas do elevado número de acidentes registrados nas estradas brasileiras”.

Fonte: JB

Rio-Petrópolis teve aumento de 48% em acidentes com mortes


A avaliação da Polícia Rodoviária Federal aponta que a imprudência e a imperícia são as principais causas do elevado número de acidentes registrados nas estradas brasileiras.

2014 
A rodovia BR-040, que liga o Rio de Janeiro a Juiz de Fora (MG) pela Serra de Petrópolis apresentou o maior aumento de acidentes com mortes entre 2011 e 2013 (48%), comparando com a BR-101 (Rio-Campos e Rio-Paraty) e a BR-116 (Rio-Teresópolis).
ScreenShot002Em números absolutos, as duas últimas rodovias apresentaram mais mortes do que a BR-040, mas mantiveram estáveis os números de acidentes desse tipo durante esse período de dois anos. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, foram 249 mortes em 2011 na BR-101, 263 em 2012 e 262 no ano passado, o que representa um aumento de 5,2% no período. Na Via Dutra (BR-116), foram 163 mortos em 2011, 142 em 2012 e 134 em 2013, uma queda de 17%. A diferença no progresso é grande quando colocamos os números da BR-040: foram 50 mortes em 2011, 69 no ano seguinte e 74 em 2013 – um crescimento de 48% no período.
32 
90No momento, a Rio-Petrópolis, com mais de 80 anos de uso, está passando por obras para uma nova pista de subida, e os motoristas precisam redobrar a atenção. As pistas estreitas e sinuosas contam com muitas rachaduras, pouca sinalização e excesso de veículos pesados.
As obras, iniciadas em 2013, são divididas em cinco lotes que preveem uma pista de 20 quilômetros para substituir o atual trecho de subida. Segundo a Concer, concessionária que administra a BR-040, a nova pista deve ficar pronta em 36 meses e vai desafogar o trecho antigo e reduzir o percurso para quem vai do Rio para Juiz de Fora. Questionada sobre procedimentos que poderiam ser adotados para reduzir os acidentes, a concessionária disse que “a avaliação da Polícia Rodoviária Federal aponta que a imprudência e a imperícia são as principais causas do elevado número de acidentes registrados nas estradas brasileiras”.
Fonte: JB

DESPACHO DE GILMAR PÕE EM RISCO FUTURO DE LINDBERGH


:

A candidatura do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) ao governo do Rio de Janeiro pode se deparar com um obstáculo talvez intransponível, se já não bastasse a resistência da presidência Dilma Rousseff às suas pretensões.
O motivo é uma decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, noticiada neste fim de semana na coluna Radar. Leia abaixo:
Peculato petista 1
Um despacho de Gilmar Mendes no início do mês dá novos e delicados rumos a uma investigação no STF contra Lindbergh Farias e os seus gastos na área de comunicação enquanto era prefeito de Nova Iguaçu (RJ), entre 2005 e 2010. O inquérito, arquivado por prescrição do crime contra a administração pública, agora tratará de peculato – ou seja, desvio de recursos públicos.
Peculato petista 2
Lindbergh é investigado pela contratação da empresa Supernova Mídia – responsável por sua campanha em 2004 e pela publicidade da prefeitura no ano seguinte. O inquérito já encontrou irregularidades na concorrência. Agora, Gilmar Mendes quer descobrir se o contrato foi feito para pagar uma dívida de 250 000 reais do PT pela campanha eleitoral.
A candidatura Lindbergh, como se sabe, é o principal ponto de tensão na relação entre PT e PMDB, que lançou Luiz Fernando Pezão, atual governador, à reeleição. O presidente do PMDB-RJ, Jorge Picciani, afirma com todas as letras que, se a candidatura Lindbergh for mantida, o PMDB apoiará o tucano Aécio Neves – e não a presidente Dilma Rousseff – na sucessão presidencial.

Rio 247 

Batalhão da PM faz festa da Páscoa em comunidade ocupada

area de trabalho IMG_3075
Para os que se acostumaram a ver intervenções de confronto, ações de prisões e combate ao crime, não imaginavam o que poderia ser a maior e mais poderosa arma empregada na resolução de conflitos sociais. Policiais do 34º BPM-Magé, prepararam para a Semana Santa, um surpreendente ato, que certamente marcará a recém ocupada comunidade da Lagoa, 1º distrito da cidade de Magé.
O tiro certeiro atingiu de uma só vez todos os moradores do bairro, neste sábado, 19 de abril, a criançada fez a festa ao serem convocados para receber das mãos dos próprios policias os tão bem vindos ovos de Páscoa.
Em poucos minutos, centenas de crianças ocuparam a Praça Daci Clem e em momentos de rara satisfação, recebiam o presente surpresa, reservado pelo comando do batalhão,  sorridentes agradeciam o gesto de carinho dos policiais.
IMG_3058 IMG_3089 IMG_3110
ScreenShot002
A equipe do Web Jornal Magé Online.com, acompanhou a entrega dos ovinhos e pode constatar que a felicidade era compartilhada também pelos policias que estiveram envolvidos no evento. “O que objetivamos é trazer um pouco de felicidade e exemplo de cidadania e amor, essas crianças até o presente momento tiveram  como exemplo a desigualdade, medo e desesperança. Podemos transformar essa realidade, carinho, compreensão e respeito, são táticas poderosas de transformação social.” Declarou o sub comandante do 34º BPM, Maj. Barbosa.
IMG_2153
A menos de um mês, a comunidade foi ocupada pelo batalhão de forma ordeira e pacifica, sem confrontos direto e sem que se empregasse força desproporcional, preservando a integridade física da população. Foram meses de trabalho da corporação militar, que teve início com trabalho de inteligência de Ten. Cel. Friederick Bassani de reconhecimento da área, levantamento e prisão de vários elementos que traficavam na comunidade, com sua transferência para outro município, assumiu o comando, Ten. Cel. André, que deu segmento ao trabalho implantado e acabou por configurar uma nova realidade em um bairro que era conhecido como o temor do 1º distrito da cidade.
Raros exemplos de tanta eficiência e dedicação marcam na história da cidade a participação dos dois  comandantes. Era hora de conhecermos o lado eficaz de condução da segurança pública, um bom comando agregado a excelentes policiais que integram o 34º, demonstra que a população pode e deve contar com a força militar do Estado.
Parabéns pelo feito,  esperamos contar com o trabalho sério desses bravos soldados, que arriscam a vida todos os dias, com a única intenção, devolver a paz, a ordem e a esperança de dias melhores ao nosso munícipio.